segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Depois pode ser tarde demais

Talvez quando você precisar de mim, eu já tenha perdido a vontade de ajudar. Quem sabe quando você lembrar que eu existo, eu já tenha esquecido você! E se por acaso um dia você quiser me amar, talvez eu transforme este amor em amizade! Talvez quando você sentir minha falta, eu já tenha outro alguém que me quer tanto quanto eu te quero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário